Lixo hospitalar

IMPORTÂNCIA DA INCINERAÇÃO PARA A SOCIEDADE HOSPITAIS – CENTROS CLÍNICOS – CENTROS MÉDICOS, SEJA NA ÁREA PÚBLICA OU PRIVADA, SÃO OBRIGADOS, POR LEI, A DAR DESTINAÇÃO FINAL CORRETA AO LIXO QUE PRODUZEM. Os resíduos mistos compostos por partes sólidas e liquidas em proporções variáveis, são resíduos com alto risco tanto perfurocortante como risco de contaminação por bactéria e ou por vírus. Fontes potenciais de doenças que podem ser transmitidas de forma primária ou secundária por agentes transmissores como pássaros, ratos entre outros. Mediante sua grande ameaça para a sociedade faz-se necessária a sua coleta e destinação final de forma responsável …

LEI 2.365

O dom de ser artista é inexplicável. Ver a sua obra exposta e admirada deve ser maravilhoso. Um brilho no ego. E como observador, não precisa ser crítico de arte ou entender de pormenores da produção artística para gostar ou não de uma determinada obra. O crítico emite pareceres, analisa, manifesta seu gosto pelo produto. Nós, meros observadores, admiramos, gostamos, apreciamos ou não. E aqui no Distrito Federal temos várias oportunidades para podermos estar de frente com obras de arte nas entradas das edificações. Por aqui, a Lei 2.365, de 4 de maio de 1999, que dispõe sobre a inclusão …

Favelização do Plano Piloto

Lucio Costa ao projetar a urbanização do que viria a se tornar Brasília, deixou muita área verde sobrando visando atualização do seu plano, que comumente deveria ocorrer a cada dez anos, porem, o tal tombamento da malha urbana do Plano Piloto como patrimônio histórico não permite nenhum tipo de intervenção na geometria projetada pelo nobre arquiteto. No entanto, a cidade padece de estacionamento, vias de pedestres, ciclovias cuja concepção será motivo de criticas na próxima edição, atualmente dispomos de 120 m² de área verde por habitante no DF, comparando com outras capitais “verdes” temos: -Goiânia-GO possui 94 m² de áreas …